domingo, 23 de janeiro de 2011

SÁBADO FRIO FILOSOFANDO

                PARA QUEM NÃO TEM EXPERIÊNCIA FILOSOFAR É UM FATO

SÁBADO FRIO,
FRIO NA ALMA ,NOS QUATRO CANTOS DO QUARTO.
FRIO NA RUA,A CHUVA CONTINUA A CAIR LENTAMENTE ,ESCORRENDO PELO MEIO FIO DAS CALÇADAS ,
UMA NUVEM ESCURA PASSA PELAS RUAS ,ÁRVORES ESCONDIDAS BALANÇANDO AO VENTO, O TINTINLAR DOS PINGOS DA CHUVA SE MISTURAM COM O RUÍDO DO VENTO ,TORNANDO O CLIMA TENSO
CHOVE LÁ FORA ,
FRIO NA ALMA , LEMBRANÇAS DO AMOR QUE ESTÁ DISTANTE,
LEMBRANÇA DOS SONHOS QUE NASCERAM  NÃO CRESCERAM NEM SE REALIZARAM,
CHOVE LÁ FORA , FRIO NA ALMA,
DE AMAR , DE SOFRER DE QUERER ALGUÉM QUE NÃO PODE SER SEU.
CHOVE LÁ FORA ,
FRIO NA ALMA, DÓI O  PEITO DÓI O CORAÇÃO, DÓI TUDO,
A DOR DE QUERER QUE VOCÊ ME AME ,COMO EU TE AMO,COM A MESMA INTENSIDADE ,
E A DOR DE SABER QUE O SONHO NÃO PASSA DE UM SONHO A NÃO SE CONCRETIZAR,
CHOVE LÁ FORA ,FRIO NA ALMA , NA DOR DE UM SORRISO  MORTO , DO PEITO FERIDO , DO AMOR PERDIDO NA DOCE ILUSÃO DE AMAR.
CHOVE  LÁ FORA,E EM MEU CORAÇÃO,E A ESPERANÇA  DE UM DIA PODER TE AMAR E TE DIZER , VOCÊ QUE É A RASÃO DO MEU QUERER,VEM ALIVIAR O MEU SOFRER.